NOTA TÉCNICA – Refutação das análises geoespaciais da CGIIRC/Funai acerca dos povos isolados da Terra Indígena Ituna/Itatá (PA) e à tentativa de desmonte da Metodologia de Localização de Povos Indígenas Isolados

Trata-se de nota técnica refutando a análise geoespacial realizada pela
CGIIRC/Funai acerca do Registro de Povo Indígena Isolado nº 110 – Igarapé
Ipiaçava (Referência em Estudo), localizado na Terra Indígena (TI) Ituna-Itatá,
Pará.

Em expedição de localização realizada pela Funai, em setembro de 2021, a
equipe de expedicionários localizou uma série de vestígios coincidentes com a
ocupação de grupos indígenas em isolamento na TI Ituna-Itatá. Tais
informações foram descritas nas 107 páginas do “Relatório Técnico de
Expedições de Localização de Indígenas Isolados nº01/2021 da Frente de
Proteção Etnoambiental Médio-Xingu”. Essa expedição foi realizada por uma
equipe de indigenistas e sertanistas experientes, como o sertanista Jair Candor,
que atua há 34 anos em campo exclusivamente com povos isolados

Veja Nota Técnica completa:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s